LABIRINTOS DO VIVER
47 - PSICODAM 7 VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
newsletter
2017-06-26 00:00:06
A Ressurreição Para a Imortalidade
“Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim, também, aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com Ele. I Tessalonicenses 4:14.

Para o crente, Cristo é a ressurreição e a vida. No nosso Salvador é restaurada a vida que se tinha perdido através do pecado, pois Ele possui vida em Si mesmo para vivificar a quem quer. Acha-Se investido do direito de dar imortalidade. A vida que Ele depôs na humanidade, retoma-a, e dá-a à humanidade. DN, pág. 672.

Quando Cristo vier para juntar a Si os fiéis, soará a última trombeta, e toda a Terra a ouvirá, desde os picos das mais altas montanhas aos mais baixos recantos das minas mais profundas. Os justos mortos ouvirão o som da última trombeta, e sairão da sepultura para serem vestidos da imortalidade e encontrarem o seu Senhor. Sp. T, Ser. B, Nº. 2, pág. 24.

Todos saem do túmulo com a mesma estatura que tinham quando ali entraram. Adão, que está em pé entre a multidão dos ressuscitados, é muito alto e possui formas majestosas, de estatura pouco menor que a do Filho de Deus. Apresenta um notável contraste com o povo das gerações posteriores. Basta este único ponto de vista para revelar a grande degeneração da raça. Todos, porém, surgem com a elegância e o vigor da eterna juventude. … As formas mortais, corruptíveis, destituídas de beleza, poluídas pelo pecado, tornam-se perfeitas, belas e imortais. Todos os defeitos e deformações são deixados no túmulo. Uma vez restabelecido o acesso à árvore da vida, no Éden há tanto tempo perdido, os remidos crescerão até à estatura completa da raça na sua glória primitiva. …

Os justos vivos são transformados “num momento, num abrir e fechar de olhos”. À voz de Deus são glorificados, tornam-se imortais, e com os santos ressuscitados, são arrebatados para encontrar o seu Senhor nos ares. Os anjos “ajuntarão os Seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.” Criancinhas são levadas pelos santos anjos aos braços das suas mães. Amigos há muito separados pela morte, reúnem-se, para nunca mais se separarem, e com cânticos de alegria sobem juntos para a cidade de Deus. CS, págs. 473, 474.

Todos os preciosos mortos, desde o justo Abel ao último santo que morreu, acordarão para a gloriosa vida imortal. 5BC, pág. 1110.

Por:
Partilhe:
Emissão Online
Copyright 2017 Rádio RCS